fbpx
Procurar
Close this search box.

Como ajudar as crianças numa boa relação com a comida 

Promover uma boa relação com a comida para as crianças é essencial para seu crescimento e desenvolvimento. No entanto, isso pode ser especialmente desafiador para mães que têm uma relação complicada com a comida.

É fundamental criar um ambiente onde a alimentação é vista de forma positiva e equilibrada, ajudando as crianças a desenvolver hábitos alimentares saudáveis e uma imagem corporal positiva desde cedo.

Vamos ver então algumas estratégias eficazes para atingir esse objetivo.

Ser um modelo positivo

As crianças observam e imitam o comportamento dos pais. Demonstra atitudes saudáveis em relação à comida, evitando fazer comentários negativos sobre o teu próprio corpo ou dieta. Mostra que todos os alimentos podem fazer parte de uma dieta equilibrada sem os categorizar como “bons” ou “maus”

Evita o controlo excessivo

Tentar controlar rigidamente as escolhas alimentares das crianças pode ser contraproducente. Em vez de forçar ou restringir, permite que as crianças escutem os seus sinais de fome e saciedade. Isso ajuda a desenvolver uma relação natural e saudável com a comida.

Incentiva a Autoestima e a Imagem Corporal Positiva

Comenta sobre características não relacionadas à aparência física, como habilidades e esforços. Evita críticas ao corpo, tanto o teu quanto o das crianças. Mesmo falar sobre características naturais do corpo da criança, características estas que ela não consegue mudar, deve ser evitado. Algo como ‘Mas que cabelo encaracolado tão lindo que tens, Maria’. E se a Maria perder os caracóis depois?

Lembra as crianças de que os corpos vêm em todas as formas e tamanhos, que a saúde é o mais importante e que a sociedade limita a ideia do que é bonito.

Cria Rotinas Alimentares

Estabelece horários regulares para as refeições e lanches. Isso ajuda as crianças a preverem quando irão comer, o que pode reduzir a ansiedade alimentar. Fazer refeições em família regularmente também é benéfico, pois promove um ambiente positivo e dá oportunidade para modelar hábitos saudáveis​.

Evita Usar a Comida como Recompensa ou Punição

Usar a comida como uma forma de recompensa ou punição pode associar emoções negativas ou positivas excessivas aos alimentos. Isso pode levar a uma relação disfuncional com a comida. Em vez disso, incentiva hábitos saudáveis através do exemplo e do suporte positivo​

Evita Dietas para Crianças

Dietas restritivas são prejudiciais ao crescimento e desenvolvimento das crianças. Elas podem causar deficiências nutricionais e promover uma relação negativa com a comida. Em vez disso, foca-te numa alimentação equilibrada e variada, permitindo que a criança aprenda a escutar os seus sinais de fome e saciedade​.

A Mãe como Modelo de Comportamento Alimentar

As mães têm um papel crucial na formação dos hábitos alimentares dos filhos. Uma mãe com uma má relação com a comida precisa ser especialmente cuidadosa para não transmitir comportamentos alimentares negativos para os seus filhos. Além de evitar comentários sobre o próprio corpo, é essencial criar um ambiente positivo e construtivo que promova uma relação boa e saudável com a comida e a imagem corporal​.

Cria um Ambiente Positivo e Construtivo

Não basta evitar comentários negativos sobre o próprio corpo; é importante criar um ambiente onde a alimentação é vista de forma positiva. Isso inclui fazer das refeições momentos agradáveis, encorajar a exploração de novos alimentos de maneira divertida e respeitar as preferências e sinais de fome da criança​.

Conclusão

Promover uma relação boa e saudável com a comida desde cedo é essencial para o desenvolvimento físico e emocional das crianças. Com estas estratégias, podes ajudar o teu filho a ter uma relação positiva com a comida e com o seu próprio corpo, preparando-o para uma vida de hábitos alimentares saudáveis e equilibrados.

POSTS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *